Quintessência e Paradoxo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quintessência e Paradoxo

Mensagem por Merlin em Qui Jul 09, 2015 5:46 am

Quintessência


Como o arquetipo de todas as coisas, a Quitessência forma os Padrões da realidade. A Força Primordial pode ser canalizada em magia, direcionada para defesa, usada para abastecer ataques poderosos e revertida em novos Padrões de criação.

A energia primordial é registrada no círculo de vinte caixas de Quitessência/Paradoxo. À medida que o mago adquire Quintessência, ele vai preenchendo as caixas no sentido horário a partir do ponto inicial. Conforme ele a utiliza, esses pontos vão sendo apagados do círculo. Um mago começa o jogo com uma quantidade de pontos de Quintessência igual ao seu nível do Antecedente Avatar. A energia subseqënte é retirada de Nodos , Sorvos ou mesmo da reserva universal, caso o mago seja poderoso e sábio o suficiente.

A Quintessência tem várias peculiaridades, mas tende a obedecer a certas regras:

• Um mago nunca pode canalizar mais Quintessência num único turno que seu nível de Avatar. Assim, um mago que possua três pontos em Avatar somente poderá canalizar três pontos de Quintessência de qualquer fonte num turno. Esse limite se aplica a recarregar Padrões, lançar Efeitos, criar novos Padrões, executar contra-magica ou golpear com um ataque Primordial.

• A Quintessência torna a utilização magia mais fácil. Caso o mago reforce seu feitiço com o poder da realidade, flexionará o cosmos com mais suavidade. Cada tradição tem sua própria opinião sobre o quê, exatamente, a Quintessência e como ela funciona como fonte de poder. Concluindo, cada ponto de Quintessência canalizado para o Efeito diminui sua dificuldade em um ponto, até um modificador máximo de três - dessa forma se pode cancelar algumas penalidades ou baixar a dificuldade em até trÊs pontos.

• A Quintessência pode ser armazenada no Padrão de um mago ou ser gasta diretamente num Efeito. Drenar Quintessência de um Nodo requer conhecimento rudimentar de Primórdio (um ponto); utilizar um Sorvo exige um alto grau de perícia em Primórdio (três pontos); Mestres do Primórdio (cinco pontos) são capazes de drenar Quintessência da reserva universal com um Efeito vulgar. Contudo, qualquer absorção de Quintessência tende a ser perceptível. Os ventos sopram, as luzes tremulam e o mago brilha com uma aura palpável enquanto o poder bruto da criação flui ao seu redor.

• Embora a Quintessência seja invisível para todos sem Primórdio 1, seus efeitos freqüentemente se manifestam de alguma forma, simplesmente devido a seu poder puro. A Quintessência canalizada torna as coisas mais "reais" e "concretas" e quase sempre fortalece a Ressonância até um nível perceptível. Seres com o Talento Consciência geralmente conseguem sentir a canalização da quintessência (dificuldade 6 - 10, dependendo da natureza da canalização), mas não são capazes de perceber imediatamente o que ela representa.

• Qualquer mágica que utilize grandes quantidades de Quintessência - cinco ou mais pontos em um turno ou 10 pontos ou mais no total - é automaticamente vulgar e perceptível. A energia monumental liberada causa espetáculos pirotécnicos; ondulações no espaço-tempo e auroras de poder.

• A Quintessência pode ser armazenada diretamente no Padrão do mago, contina por seu Avatar. Essa "Quintessência pessoal" não pode ser arrancada do personagem ou usada contra sua vontade. Ela pode ser recuperada por meio de meditação em um Nodo. O poder do Avatar do mago drena a energia do Nodo para si, mesmo que o personagem não tenha nunhum conhecimento sobre magia do Primórdio. Um teste simples de Percepção + Meditação (dificuldade 7) recupera a Quintessência do mago após uma hora de meditação em um Nodo, um ponto por sucesso, até o limite do nível Avatar ou suprimento de energia do Nodo. Qualquer energia acima do poder do mago (nível de Avatar) deve ser proveniente de outra fonte, absorvida com mágicas de Prim´´ordio.

• Sob as circunstâncias certas, a Quintessência pode conter o Paradoxo ou combater Efeitos de outros magos.
avatar
Merlin
Admin

Mensagens : 59
Data de inscrição : 18/06/2015

Ver perfil do usuário http://mago-a-ascencao.forum-livre.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quintessência e Paradoxo

Mensagem por Merlin em Qua Maio 18, 2016 8:47 pm

Paradoxo


A maldição dos magos, o Paradoxo atinge todos os magos em algum ponto de suas carreiras. Enquanto o operador da vontade trança o universo de acordo com seus desejos, o universo se contorce e golpeia o mago em resposta.

O Paradoxo é registrado no mesmo círculo da Quintessência, mas segue o sentido anti-horário a partir do pont oinicial. Geralmente, grandes quantidades de PAradoxo irão queimar ou explodir de maneiras surpreendentes, mas é possível para um mago acumular somas consideráveis de Paradoxo e Quintessência ao mesmo tempo. Entretanto, o Paradoxo sempre vence. Se o mago reunir muito Paradoxo, isso o impedirá de armazenar mais Quintessência e pontos de Paradoxo adicionais descartam Quintessência conforme são adquiridos. quanto mais um mago distorce a realidade, menos pode reter da Criação em suas mãos, até pagar o preço por sua manipulação.

• A cada vez que o mago lança um Efeito vulgar ele adquire pelo menos um ponto de Paradoxo.

• Tentar lançar um Efeito e falhar drasticamente (uma falha crítica) pode significar que o feitiço teve um efeito distorcido, o que quase sempre gera PAradoxo.

• Freqüentemente, o PAradoxo repercute e distorce os Efeitos do mago de maneiras inesperadas. Às vezes, porém, o choque de retorno se acumula como uma torção quase palpável no Padrão do mago. Essa energia do Paradoxo, registrada no círculo quintessência/Paradoxo, pode explodir numa demonstração espetacular sempre que o personagem adquirir Paradoxo adicional ou simplesmente se acumular. Não há como prever ocmo o PAradoxo irá se comportar.

• Um mago que retenha energias do Paradoxo pode liberá-las gradualmente. Para cada semana de existência relativamente mundana - ou seja, cada sete dias nso quais o mago não adquira Paradoxo - um ponto dessa característica se dissipa à medida que o Padrão do mago se reafirma e se torna mais coeso com a realidade. Isso acontece mesmo se o mago não estiver envolvido com locais e tarefas "normais", bastando que evite adquirir mais Paradoxo. Entretanto, assim que o personagem atingir a marca de 10 pontos de PAradoxo, essa técnica não funciona mais. O Padrão dele estará tão distorcida com as energias do Choque de Retorno que algo ruim acontecerá cedo ou tarde. Um mago que consiga atingir 20 pontos de Paradoxo pode sofrer um Silêncio permanente, ser banido completamente da realidade ou explodir de maeira espetacular, a critério do Narrador.

• Magos com muita energia Paradoxal podem ser forçados a adquirir Defeitos permanentes de Paradoxo, manifestações de mudanças que repercutem de modo a alterar o personagem definitivamene. Esses Defeitos podem ser físicos, mentais ou sobrenaturais. A mão do mago pode definhar, ele pode ouvir um zunido constante ou um halo brilhante pode aparecer sobre sua cabeça. Essa alterações se tornam parte do mago e sua punição, sendo tão difíceis de remover ou alterar como qualquer aspecto fundamental do personagem.

• Os magos que acumulam grandes quantidades de Paradoxo tendem a chamar a atenção. As pessoas, sempre sensível ao fato do mago "não ser totalmente normal", ficam mais nervosas ao lado de seres que contenham reprimentas da realidade. Mesmo que poucas criaturas além dos magos reconheçam o Paradoxo, a maioria dos seres teme essas forças instintivamente e estará ciente de um mago com Paradoxo.
avatar
Merlin
Admin

Mensagens : 59
Data de inscrição : 18/06/2015

Ver perfil do usuário http://mago-a-ascencao.forum-livre.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum