Vazios

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Vazios

Mensagem por Merlin em Qui Jul 09, 2015 5:58 am

Vazios



"Eu planejo dançar sobre as cinzas desse mundo em chamas. Por que você
Está desperdiçandao seu tempo com coisas que não existirão mais amanhã?"

Esfera de Especialização: Qualquer uma, embora eles tenham que pagar o preço integral por todas as Esferas devido à sua abordagem genérica e aleatória e à falta de tutoria.

Uma piada para alguns, um incômodo para outros, Os Vazios fazem companhia aos Adeptos da Virtualidade na Galeria da Infâmia do Conselho. As semelhanças não acabam por ai os dois grupos são produtos da era moderna, crias de um mundo à beira do inferno. Ambos abraçam uma subcultura que tanto glorifica quanto ridiculariza o mundo, e ambos carregam a luz da mudança futura com seus dedos médios levantados.

Mas enquanto os Adeptos carregam lâmpadas de néon para iluminar o caminho do Conselho, Os Vazios carregam seu candelabro no escuro. Apesar de suas roupas no estilo Rock-gótico sugerirem uma origem recente suas raízes são mais antigas do que os outros percebem. Embora a “Tradição Vazia" (na verdade um Ofício, ou subcultura mágika organizada) tenha sido fundada durante os anos vinte, a filosofia da assim chamada "geração perdida” pode ser encontrada nas obras dos poetas românticos. Muitas das Crianças Noturnas afirmam que Lorde Byron foi o primeiro de sua linhagem; outros dizem que isso é besteira. Em todo caso, seu afeto pelo luto passado só é superado por sua curiosidade insaciável.

Os Vazios percebem que o mundo moderno é uma porcaria, por isso eles se embalam nos ideais de uma época mais romântica — uma época na qual você podia compor sonatas e acabar enterrado vivo. Esses Sombrios espelham sua própria sensação de deslocamento na sua fixação pela tragédia. Solitários desde o começo, eles se distinguiram ainda mais com suas roupas excêntricas e modos sarcásticos, criando seu próprio mundo noturno e tratando os intrusos com desdém. Os Órfãos Góticos conhecem a dor em primeira mão. A maioria vem de lares desunidos ou abusivos e aprenderam a auto-sobrevivência antes de acabarem a sexta série. Muitos estão tão arruinados quando chegam à adolescência que quando o Avatar surge, ele parece quase mundano. A mágika chega para eles com pouco estudo ou esforço, um dom inato que eles usam muitas vezes para viver longe de casa. As sub-culturas das ruas oferecem a eles uma chance de se rebelarem, encontrarem abrigo e conquistarem amizades. A mágika propicia poder, status e iluminação.

Unidos e reservados, Os Vazios ainda estendem a mão para ajudar àqueles que valem a pena. Muitos magos do Conselho devem suas vidas a Sombrios que estavam próximos. Depois dessa ajuda, eles normalmente desaparecem, sussurrando frases enigmáticas. No fundo, a maioria dos magos Góticos identifica-se com marginais como eles mesmo e cuidam de vagabundos, alcoólatras e fugitivos. No entanto, eles não confiam tão facilmente nos "de fora" — os estranhos normalmente têm de executar algum ato de amizade antes de serem tratados com o mínimo de respeito e, mesmo assim aqueles que estiverem "fingindo" nunca chegarão realmente a aprender os intrincados movimentos sociais dos Vazios. Do seu próprio jeito, estes Órfãos têm um código tão arcano quanto os Mistérios Herméticos.

Dançando nas sombras como costumam fazer, as cabalas dos Vazios — ou "rodas" — obtêm sua! Segurança através do grande número de membros ou de sua discrição. Dentro dessas rodas, as Crianças Noturnas mantêm-se unidas. Eles podem lutar, discutir e trair uns aos outros, mas se algum estranho ameaçar a "família," ela se une até a morte. Esse instinto de comunidade, tão informal quanto ele possa ser, proporciona a estabilidade que guia os magos Góticos em direção a uma eventual Ascensão. Pode ser quer o Conselho nunca entenda o que ele está perdendo. Outros grupos acreditam (erroneamente) que Os Vazios não têm visão, a reclusão e o senso de humor mórbido do Ofício esconde o seu amor pelas coisas misteriosas. Problemas, presságios e outros enigmas os facinam; mágika, fantasmas, lobisomens e especialmente vampiros atraem estes Órfãos como a luz atrai as mariposas. À sua própria maneira, Os Vazios são tão primordiais quanto os Verbena ou os Oradores dos Sonhos — eles voltam aos mistérios que vão além do superficial. Vendo com novos olhos as coisas antigas, Os Vazios jogam fora a bagagem que atrapalha a caminhada de muitos Despertos rumo à revelação e traçam um novo Caminho com ferramentas antigas.

“Ferramentas antigas" é uma boa maneira de descrever a mágika dos Vazios. A maioria canaliza sua Arte através do "ocultismo de shopping center” — bijuteria barata, "grimórios" comerciais, parafernália vendida pelo correio e truques de mágica. Suas bibliotecas compõem-se de Byron, Poe, Crowley e LeVey, e seus rituais incorporam CDs, velas pretas e RPGs. Usando mágika de todas as maneiras “erradas,” esses Órfãos mostram que a mágika (pelo menos para eles) vem, no final das contas, de dentro.

Focos Principais: Arcanologia, Sangue, Cristais, Grimórios, Poesias, Runas, Sessões Espiritas, Espiritualismo

Acólitos: Membros de Gangues, Vampiro Fajuto, Proprietários de Clubes Noturnos, Bandas Góticas, Médium

Conceitos: Ocultista, músico, poeta trágico, frequentador de clube

Facções:
- Conselheiros
- Revolucionários

Fraquezas:
Vez por outra, os Vazios nem se preoculpam em sair da cama. É uma atitude que leva a derrota. Embora eles sejam tolerantes e flexíveis, é difícil motiválos sobre qualquer coisa. Assim sendo, eles não conquistam quase nada. São crianças com potencial desperdiçado, pois não se encaixam na sociedade "normal" nem mudam para se acomodar a ela. Alguns atingem certos níveis de habilidade e encontram um foco para levá-los rumo à Ascensão ou outra meta, mas a maioria apenas gasta suas noites em grupo, não fazendo nada de produtivo.

avatar
Merlin
Admin

Mensagens : 59
Data de inscrição : 18/06/2015

Ver perfil do usuário http://mago-a-ascencao.forum-livre.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum